A primeira imagem de Nossa Senhora de Fátima, também conhecida por Nossa Senhora do Rosário, foi vista por três crianças na pequena cidade de Fátima, em Portugal. A aparição ocorre por sete vezes, sempre no dia 13 de cada mês.

Relatos dizem que a aparição de uma mulher vestida toda de branco e mais brilhante que o sol se apresentou às três crianças dizendo: "Por favor, não tenha medo de mim, eu não vou machucá-las.” Lucia, uma das crianças, perguntou de onde ela veio e ela respondeu: “Eu venho do céu.” A mulher usava um manto branco coberto de ouro e tinha um rosário na mão. Ela pediu para rezar e louvar a Santíssima Trindade e para "rezar o rosário todos os dias, para trazer a paz ao mundo e o fim da guerra".

Ela também revelou que as crianças sofreriam, especialmente com a incredulidade de seus amigos e familiares, e que os dois filhos mais novos, Francisco e Jacinta, seriam levados para o céu muito em breve, mas Lucia viveria mais tempo para espalhar sua mensagem e devoção ao Coração Imaculado. E de fato foi o que ocorreu. Ninguém acreditava nas crianças e elas chegaram a ser detidas pela polícia da cidade.

Foi em sua última aparição, em 13 de outubro de 1917, que se tornou a mais famosa. Relatos dizem que cerca de 70.000 pessoas compareceram ao local onde a Santa aparecia para as crianças, antecipando a visita final da Virgem e muitos esperando que ela fizesse um grande milagre. Como antes, a figura apareceu e novamente apenas para as crianças e revelou seu nome em resposta à pergunta de Lucia: “Eu sou a Senhora do Rosário”.

 identificando-se como "a Senhora do Rosário", ela pediu arrependimento e a construção de uma capela no local. Depois de prever o fim da Primeira Guerra Mundial e dar às crianças certas visões não reveladas, a senhora ergueu as mãos para o céu e então Lúcia exclamou: "O sol!" Enquanto todos olhavam para cima e viam que um disco prateado emergia de trás das nuvens, eles experimentaram o que é conhecido como um "milagre do sol".

Nem todos relataram a mesma coisa; alguns presentes alegaram que viram o sol dançar ao redor dos céus. Outros disseram que o sol se aproximava da Terra em um movimento de ziguezague que os fazia temer que pudesse colidir com nosso planeta ou, mais provavelmente, queimá-lo. Algumas pessoas relataram ter visto cores brilhantes girarem para fora do sol em um padrão psicodélico de cata-vento, e milhares de outras pessoas presentes não viram nada incomum.

Foi depois desse acontecimento que a devoção a Nossa Senhora de Fátima se espalhou para o mundo e hoje milhares de peregrinos vão ao seu santuário para fazer pedidos e agradecimentos.