Todos nós sempre tiramos um tempo do nosso dia ou semana para nos dedicar a uma oração a São Jorge. Mas será que todos conhecem a sua história fantástica? Siga lendo para aprender mais sobre o Santo.

São Jorge, nascido em 275 d.C., na região chamada Capadócia, conhecida hoje como parte da Turquia. Seu pai, um soldado, faleceu em uma batalha e sua mãe, após a morte do esposo, mudou-se com ele para a Terra Santa. Lida, sua mãe, era uma mulher estudada e possuía muitos bens e, por isso, conseguiu dar ao seu filho, uma educação esmerada e de muita qualidade.

Atingindo a adolescência, São Jorge decidiu seguir a carreira militar, assim como muitos jovens de sua idade na época. Como hoje sabemos, logo, São Jorge se tornou o capitão do exército romano. Possuindo grandes habilidades com os armamentos. Com o tempo, ele foi se destacando e se tornou um auxilio muito íntimo do imperador.


Após o falecimento de sua mãe, São Jorge recebeu uma herança e foi nomeado com uma patente ainda mais alto da corte do imperador. Nesta época, Jorge se deu conta das horríveis crueldades que faziam com o povo cristão no Palácio. Isso fez com que ele se comovesse com as inúmeras dores que os fiéis passavam devido a sua fé. Interessando-se pelo cristianismo, devido aos exemplos de sua mãe, que havia se convertido, São Jorge, deu o primeiro passo em direção a sua fé. Após sua conversão, Jorge distribuiu todos os seus bens aos necessitados e pobres. Renunciando todo glamour oferecido por sua patente do Império.

Infelizmente, seu imperador, não recebeu a notícia com tanto apego quanto os cristãos. Ao saber da conversão de seu súdito, o imperador Diocleciano autorizou a eliminação de todo aquele que se autodenominava cristão, prendendo e matando São Jorge que se negou em dissuadir-se de sua fé.